ItaliaCast #13 | Festival de Sanremo 2020 | Como Funciona a Residência na Itália?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Residência na Itália

O ITALIACAST # 13 traz no quadro “Enquanto isso na Itália”, um pouco da história do evento de música mais famoso do país, o Festival de Sanremo, que chega na septuagésima edição em 2020.

E no quadro Cidadania Italiana, Sim!: O que é a residência na Itália?

Residência na Itália? Morar na Itália? Sim! Como funciona essa questão de procurar um lugar para morar na Itália, levando em conta, principalmente, quem precisa de um imóvel no período do processo para reconhecimento da cidadania italiana. 

Será que o local onde você vai morar, o tamanho do lugar, o tipo da hospedagem, pode interferir no seu processo?

Bom, esse é um assunto que merece muita atenção e eu te explico tudo, tudo aqui neste e no próximo Italiacast, com detalhes!

QUIZ 

E a pergunta do Quiz de hoje tem a ver com o nosso assunto:

Um famoso cantor brasileiro já ganhou o prêmio de Sanremo.

Quem foi?

  • a)    Roberto Carlos, em 1968
  • b)    Tom Jobim, em 1982
  • c)     Caetano Veloso, em 2013

FESTIVAL DE SANREMO

Concebido como uma ideia para revitalizar o turismo, a economia e a reputação de San Remo, o Festival de Música de Sanremo foi criado pelo proprietário do Casino San Remo, Piero Bussetti.

Depois de discutir a idéia com o diretor da Orquestra da RAI, Giulio Razzi, foi decidido lançar um concurso de música de canções inéditas.

Assim, a primeira edição do Festival foi realizada no Casino San Remo em janeiro de 1951.

Com o surgimento do Festival della Canzone Italiana di Sanremo, foi difundida a musica leggera, ao pé da letra “música leve”, no sentido de letras de fácil compreensão, que é a música popular.

As primeiras edições do Festival, de 1951 a 1954, eram transmitidas pela rádio, a RAI, e a partir de 1955 pela recém criada RAI televisiva, a RAI 1, sempre na sede do Casinò di Sanremo até fins da década de 1970, quando passou ao Teatro Ariston, em 1977, onde permanece até os dias de hoje.

Os primeiros festivais tornaram conhecidas vozes como de Gino Latilla, Carla Boni, Teddy Reno e Achille Togliani, pertencentes a uma tradição melódica da música italiana, e também Nilla Pizzi, a vencedora das duas primeiras edições, em 1951, com “Grazie dei fiori”, e em 1952, com “Vola Colomba”.

A partir de 1955, com as transmissões televisivas, o evento foi ganhando cada vez mais importância nacional.

A história do Festival está intimamente ligada com a história da rádio e da televisão italiana, sendo um espelho da cultura do país, incluindo não apenas as músicas e letras musicais, mas também a moda e o estilo de vida.

No Brasil, o Festival foi apresentado durante muitos anos pelo cantor italiano radicado no Brasil Dick Danello, nas estações TV Manchete, Rede Record, Rede Bandeirantes e CNT Gazeta

A importância do Festival até hoje é que ele lança novos cantores, compositores e consolida a carreira de outros.

Em 1958 surgiu na Itália uma de suas mais célebres canções, vencedora do Festival daquele ano, a “Nel blu dipinto di blu”, conhecida como “Volare”, por conta do seu alegre “ritornello”, o refrão, que ficou conhecida como “Volare, oh, oh…”

Foram inúmeros fatos e artistas marcantes que passaram por lá, mas resumidamente, podemos citar as edições do Festival di Sanremo dos anos 1990, quando surgiram dois artistas muito apreciados no Brasil, Andrea Bocelli e Laura Pausini. Com temática adolescente, Laura Pausini, aos 18 anos, fica em primeiro com a famosa canção que a lançou no mundo, La Solitudine.

Um dos fatos marcantes deste Festival, infelizmente, é triste e lembrado até hoje: a morte  do cantor Luigi Tenco.

O artista, conhecido por hits clássicos da música italiana como “Vedrai Vedrai”, “Mi Sono Innamorato di Te”, “Lontano Lontano”, “Se Stasera Sono Qui” e “Ho Capito Che Ti Amo”, faleceu no dia 27 de janeiro de 1967, aos 29 anos de idade, com um tiro na têmpora em um quarto do hotel Savoy de Sanremo.

Segundo as hipóteses mais aceitas, o cantor teria se suicidado por ter perdido o Festival de Sanremo daquele ano, no qual concorria com a canção “Ciao Amore Ciao”.

De lá para cá, ele foi inúmeras vezes homenageado por outros cantores nas edições seguintes.

“Tenco” pertencia à Scuola genovese, movimento do qual faziam parte cantores que também eram autores de suas canções, as “canzoni d’autore”, e isso já tinha sido novidade com Modugno em 1958. Os cantores e autores das próprias canções, cantanti e autori, são, por isso, chamados “cantautori”.

Desde 1974, acontece o Premio Tenco, um reconhecimento à canzone d’autore, não só da Itália como do mundo, com o qual já foram premiados os cantores e compositores brasileiros Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento e Vinicius de Moraes.

Na edição de 2020, vinte e quatro artistas italianos concorrerão ao prêmio e também há participações internacionais durante o evento, como o cantor escocês Lewis Capaldi, que lançou o hit “Someone You Loved”, no topo das paradas dos Estados Unidos em 2019. 

A edição de 2020 também contará com duas bandas de rock, Le Vibrazioni e Pinguini Tactical Nuclear. 

Veja a lista dos intérpretes italianos que estão concorrendo em 2020:

  1. Achille Lauro – ‘Me ne frego’
  2. Alberto Urso – ‘Il sole a est’
  3. Anastasio – ‘Rosso di rabbia’
  4. Bugo e Morgan – ‘Sincero’
  5. Diodato – ‘Fai rumore’
  6. Elettra Lamborghini – ‘Musica (E il resto scompare)’
  7. Elodie – ‘Andromeda’
  8. Enrico Nigiotti – ‘Baciami adesso’
  9. Francesco Gabbani – ‘Viceversa’ – ESC2017 COM “Occidentali’s Karma”
  10. Giordana Angi – ‘Come mia madre’
  11. Irene Grandi – ‘Finalmente io’
  12. Junior Cally – ‘No grazie’
  13. Le Vibrazioni – ‘Dov’è’
  14. Levante – ‘Tiki Bom Bom’
  15. Marco Masini – ‘Il confronto’
  16. Michele Zarrillo – ‘Nell’estasi o nel fango’
  17. Paolo Jannacci – ‘Voglio parlarti adesso’
  18. Piero Pelù – ‘Gigante’
  19. Pinguini Tattici Nucleari – ‘Ringo Starr’
  20. Rancore – ‘Eden’
  21. Raphael Gualazzi – ‘Carioca’ – ESC2011 com “Madness of love”
  22. Riki – ‘Lo sappiamo entrambi’
  23. Rita Pavone – ‘Niente (Resilienza 74)’
  24. Tosca Donati– ‘Ho amato tutto’

Aos 74 anos de idade Rita Pavone, grande nome da música italiana nos anos 60 e 70, vai ser uma das concorrentes do Festival de Sanremo.

Os cantores italianos Al Bano e Romina Power serão convidados de honra, além da participação especial de Roberto Benigni, o vencedor do Oscar de 1999 de melhor ator pelo filme “A Vida é Bela”, que também já participou em outras ocasiões do Festival.

O apresentador da emissora pública Rai, Amedeo Sebastiani, mais conhecido como Amadeus, foi escolhido como o novo condutor e diretor artístico da 70ª edição do Festival de Sanremo.

Em 2019 a edição teve um italiano filho de pai egípcio como vencedor. Mahmood, de 26 anos, conquistou o concurso com a canção “Soldi” (“Dinheiro”, e tradução livre), que tem forte conotação social, abordando a vida de um jovem na periferia.

Onde acompanhar a programação do Festival de Sanremo na Itália:

Aliás, música italiana é ótima para praticar o italiano.

Clique abaixo e siga a playlist oficial do Sanremo 2020 no Spotify:

O QUE É ESSA TAL RESIDÊNCIA NA ITÁLIA?

Residência na Itália

Se você for fazer o seu processo na Itália, preste atenção:

Você tem que morar e comprovar residência para fazer o seu processo.

Essa etapa é muito importante, pois caso você fique em um local sem conhecer como funcionam as leis e critérios de residência na Itália, você pode, sim, ter problemas no processo.

A primeira coisa que você precisa ter é um imóvel idôneo.

O que isso significa? Ao contrário do Brasil onde você pode simplesmente colocar quantas pessoas quiser na sua casa, desde que tenha colchão suficiente, na Itália não funciona assim.

Lá, existe um critério importante conhecido como “abitabilità”, ou em bom português “habitabilidade” que são regras que determinam quantas pessoas podem habitar em um determinado imóvel.

Por exemplo: uma casa que tenha dois quartos, normalmente comporta 4 pessoas, 2 por quarto DESDE que cada quarto tenha a metragem suficiente para isso.

Outra coisa importante: acima de um número determinado de pessoas, a casa deve ter mais do que 1 banheiro, normalmente acima de 6 pessoas, embora isso possa variar de acordo com a cidade e região.

Outra coisa é a forma que você vai ocupar um imóvel. Existem basicamente duas formas: 

1 – alugando um imóvel – seja direto com o proprietário ou através de uma agência imobiliária;

e 2 – sendo recebido como hóspede – este aqui é o instrumento que normalmente os assessores na Itália utilizam para receber os seus clientes.

Por que isso é importante pra você?

Porque cada uma destas opções comporta documentos diferentes que você vai ter que apresentar no comune para fazer o seu processo de cidadania.

Se você alugar um imóvel, o documento que você vai apresentar é o próprio contrato de aluguel, que em italiano se chama “contratto di affitto”.

Se você for recebido como hóspede por alguém, que pode ser um familiar, um amigo, um até mesmo um consultor, neste caso o documento utilizado vai ser a “cessione di fabbricato”, que é o documento oficial que alguém que recebe um hóspede estrangeiro usa para isso.

Mais informações sobre “contratto di affitto” e “cessione di fabbricato” neste artigo.

No ITALICAST #14 Fabio Barbiero vai complementar este assunto falando sobre “As 2 condições fundamentais para dar entrada na sua cidadania na Itália”.

PARA REFLETIR

Residência na Itália

O assunto é PROCRASTINAÇÃO

Procrastinar é o vício de deixar algo pra fazer amanhã, ou depois.

A pessoa tem algo super importante pra fazer, mas ao invés disso ela decide arrumar o quarto, arrumar a mesa, se ocupa com outras coisas e o que acontece?

Aquilo que era realmente importante não foi feito. 

Fabio compartilha dicas ótimas para fugir desse vício que também ajuda ele lidar com isso diariamente:

1 – Nunca vá dormir sem planejar o seu dia seguinte;

2 – Se surgir algo durante o dia que pode ser feito naquele momento, simplesmente faça!

3 – Separe o que é urgente do que é importante!

Semana que vem no ITALIACAST #14 um assunto pra lá de legal: CARNAVAL DI VENEZIA e a continuação do papo de hoje sobre cidadania italiana: As 2 condições fundamentais para dar entrada na sua cidadania na Itália

Precisa dizer mais? Tá imperdível!

Escolha abaixo como acompanhar o Italia Cast:

OUÇA O EPISÓDIO:

Apple | Spotify | Deezer | Link Geral

VERSÃO VIDEOCAST

Clique no link abaixo para acessar o vídeo no Youtube:

LINKS CITADOS NO EPISÓDIO

GOSTOU DO ITALIACAST?

Todos nossos esforços estão voltados para te ajudar, através do compartilhamento do maior número de informações a respeito do nosso querido país.

E este é um canal de mão dupla: nós prometemos te entregar o nosso melhor, e em troca você compartilha suas impressões, experiências, feedback e comentários conosco.

Por isso te pedimos duas coisas:

1 – Deixe sempre um comentário abaixo do episódio (seja no Youtube, Podcasts ou aqui mesmo no Portal) para que saibamos as suas impressões

2 – Compartilhe com o maior número de pessoas que você conhece, assim você nos ajuda com nosso propósito que é atingir o maior número possível de pessoas, combinado?

Então bóra compartilhar este episódio nas suas redes sociais, basta utilizar os botões abaixo 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.