fbpx
A Fila na Italia

Cultura Italiana

A Fila na Italia

Junte-se a mais de 38.036 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Às vezes nos preocupamos com tantas coisas ao mesmo tempo que acabamos deixando as mais simples pra lá.

Porém nem sempre estas coisas mais simples são menos importantes.

Uma coisa que eu jamais li em nenhum lugar e que é algo que faz parte da vida cotidiana na Itália e pode causar grandes problemas é… uma simples fila!

Oras bolas, você deve estar se perguntando…

Fila é fila em qualquer lugar do mundo, certo?

Não a fila na Itália!

Aposto que a primeira imagem que veio à cabeça quando você leu a palavra fila foi algo parecido com a imagem abaixo, certo?

Quando eu era pequeno aprendi que esse tipo de fila ai em cima tinha o nome de ‘indiana' e confesso que nunca procurei saber por que.

Só sei que passei a vida inteira pensando que era o único tipo de fila que eu iria encontrar, até chegar aqui na Itália e me deparar com isso:

Perceba na imagem acima que è impossível saber quem será o próximo a ser atendido, então vou explicar a você como se comportar numa situação assim 🙂

MÉTODO DE FILA ITALIANA ‘NO GOGÓ'

O primeiro passo quando você entrar num lugar que tenha algum tipo de fila é verificar se existe a maquina distribuidora de senha e junto com ela o painel eletrônico:

Muitos lugares já adotaram o sistema de fila automática.

Neste caso, basta você retirar o numero e aguardar o número aparecer no visor, como existe em praticamente qualquer lugar do Brasil.

Em italiano se diz: “prendere il numerino” (retirar o numerozinho) e aguardar sua vez.

Porém é muito comum chegar numa repartição pública e ter apenas o ‘distributore a strappo‘ – como è conhecida a maquininha que distribui os numeros.

Esta máquina pode ter vários aspectos, de acordo com o local (hospitais, agenzia dell'entrate, posta italiana, etc, etc, etc):

 

Caso você entre num destes locais que não tenham o painel eletrônico NÃO ENTRE EM PÂNICO!

SEU AMIGO PARA O RESTO DA VIDA, QUER DIZER, DA FILA

Basta limpar a garganta e gritar o mais alto que puder:

– CHI E' L'ULTIMO? ( a pronuncia è qui è lúltimo)

Sim, você deve gritar: “- Quem è o último?” e algum cristão vai te responder:

– SONO IO.

Isso significa que a partir daquele momento, voce estará ligado intimamente aquela pessoa.

Fila na Itália

Não a perca de vista, não vá ao banheiro, não deixe que ELE vá no banheiro, pois ele será seu ponto de referencia na fila 🙂

Se voce tiver sorte (será?), quando voce fizer a pergunta, a resposta será acompanhada de uma série de lamentações…

Pode ser sobre o tempo que ele está na fila, sobre a burocracia italiana, sobre a tia varizenta que ele deixou em casa, sobre o cachorro que fugiu com o gato, entre outras vicissitudes.

Portanto aproveite: será um excelente momento para voce treinar a lingua italiana, além de aprender ótimos novos palavrões rs

E contrariando a lógica, este sistema ‘de garganta' funciona muito bem!

Só tome cuidado para não dormir no ponto, afinal de contas agora voce é o último da fila.

E quando chegar o próximo (coitado) e perguntar: “CHI E' L'ULTIMO” será sua vez de limpar a garganta a responder:

SONO IO!

Ciao,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 Replies to “A Fila na Italia”

Jefferson Osmar Reif

boa tarde fabio, seguinte sou casado na italia com uma italiana e tirei meu permesso por 2 anos mas tive que voltar ao brasil por motivo de doença familiar e meu permesso venceu gostaria de voltar para italia e renovar meu permesso, como devo proceder? nao cheguei a fazer a carteira de identidade e nem residencia. tenho o certificato de matrimonio pela comune di sesto san giovanni. desde de ja agradeço seu retorno…

Sérgio Xavier da Silva

Olá, para todos….
Gostaria de saber qual o melhor período do ano (se houver) para ir a Itália e aguardar para tirar a cidadania?
Se fosse para escolher uma cidade iria para Comune di Polcenigo, local de onde vieram meus familiares italianos, ou seria melhor ou mais rápido eu residir em uma cidade mais centralizada?
Grato

Renata Esterque

Ótimo este texto, Fabio! Terminei-o dando umas boas risadas! Vivo em Barcelona e aqui é igualzinho… A mesmíssima pergunta ” Qui és l’últim?”
“– sóc jo!”
Um abraço!

Betina Frigotto de Lima

Fábio, você trabalhou durante a espera do vigilia no seu processo de cidadania?

rayanne

Boa tarde, possuo cidadania italiana e gostaria de ir aos EUA, se eu ficar por mais de 3 meses quais são as consequências?

Regina

Maravilha seu blog Fábio. Todo o material é fantástico! Parabéns pela idoneidade e competência!! Gostaria de saber, se possível, o seguinte: o nome Vergilio do meu avô, antenato italiano, que consta na certidão de nascimento italiana e na certidão de casamento dele no Brasil, transformou-se em Virgilio a partir da certidão de nascimento do meu pai e dos documentos que vieram depois. Essa variação de nome de Vergilio para Virgilio é considerada abrasileirada ou necessita de correção? O sobrenome está correto. Muito obrigada!!! Um grande abraço

Sandra Nereida Crepaldi

Olá Regina.

Na aula 6 do “Curso prático de cidadania italiana” o Fábio aborta este tema.
Boa sorte.

Regina

Muito obrigada Sandra, pela sua atenção.
Já assisti todo o Curso Prático da Cidadania Italiana, como li o Sagabook e acompanho todas as informações maravilhosas do Fábio já há algum tempo. Como ele exemplifica alguns nomes que “abrasileirados” não necessitam de correção, consultei se a variação do nome Vergilio para Virgilio poderia ser considerada abrasileirada ou não. Se não for considerada “abrasileirada”, sei que terei que fazer a correção dos documentos junto ao cartório, mas se for considerada “abrasileirada”, poderei mantê-lo assim. Por isso minha dúvida.
Abraços e mais uma vez obrigada!

Adriel Moscatelli

Bom dia Fabio. Vc poderia me tirar uma dúvida. Meu primo já faz toda a documentação dos meus nonos em 1996. Agora falta só da minha mãe e os meus. assim posso fazer na Itália o reconhecimento só com as minhas certidões sendo que as outras já estão no sistema?

Eduardo Crovadore

Olá Fabio, tudo bem?
Gostaria de saber se abrirá novas turmas para formação na busca de documentos.
Se sim, por gentileza, me informe a previsão.
Obrigado.

Fabio Barbiero

Olá Eduardo vamos sim, entre na lista de espera: http://mudarmeumundo.com/euquero

Bernardo

Fábio,

Desejo obter uma cópia física emitida pelo setor de registro civil da comune de Cingoli, Macerata, próximo à Ancona. Eu tenho uma imagem da certidão e creio que a busca será bastante fácil. Desejo que o documento seja enviado pro interior de Minas Gerais.

Gostaria de saber o valor dos honorários.

Desde já, obrigado.

Beatriz Cribari

Típicos Italianos sendo Italianos…. Kkkkkk quase tudo se resolve no gogo e tem que falar alto ou gritar porque se não ninguém escuta…. Minha família é assim!

Patrícia

Kkkkkkkkk….. muito bom artigo…ri litros imaginando a cena

Fabio "Saga" Barbiero

Roberticus

Se voce chega na Italia fazendo escala noutro pais voce deve fazer a declaraçao de presença, existe outro post explicando como faze-lo, ok?

Navio è igual: a imigraçao è feita no primeiro pais onde o mesmo atraca.

Abs

Jorge henrique

Olá Fabio, depois o Brasil que é terceiro mundo rsrrsrsrsrsrs…Ja viu este fime do Bruno Bozzetto, muito hilário, e faz uma comparação entre a Italia e a Europa, em varias situações: transito, avião, onibus, e a fila também rsrsrsrsr… Ecco qua sotto, il link:

http://www.albinoblacksheep.com/flash/italy

Un abbraccio, Jorge

Anônimo

rsrsrs muito bom… não sabia que era grande a diferença rsrsr

Aline

rsrsrs é realmente no gogó mesmo ano passado passei muito por isso e logo logo passarei novamente, mas na verdade tinha muito velhinho safado ficando na fila pra outra pessoa e pra outra, ele cobrava 5 euros pra ficar lá……………safado!!!!rsrsrs

Roberticus

Oi Fábio,

Tudo certo?

Cara, uma dúvida entorno da chegada em Itália que tenho faz tempo…

Se a pessoa chegar à Itàlia de forma indireta, isto realmente supõe uma complicação na hora de obter o Permisso di Soggiorno? Digamos se você chegar entrar na Itália via outro país da UE….

E mesmo se você entrar diretamente, porém via navio?

Abraço,

Robert

Fabrício Carraro

Ahahahaha incrível! Na Rússia é IGUALZINHO!
Fui no banco com a patroa, no Correio…vááários lugares e é esse mesmo esquema de “QUEM É O ÚLTIMO!?”.

Me senti no século 16! =P